Amor que não se cede.

Uma coisa que ninguém me disse é que histórias de amor não são escritas no passado, sobretudo, salpicadas de duvidas compostas em vírgulas. Sendo assim, me acostumei com o gosto amargo na boca de tantas vezes em que mordi minha língua. Eu tinha pressa. Troquei meu cachorro quente de posto de gasolina por sua comida…

Continue lendo...

Chega aqui, preciso me explicar…

Ei, chega aqui, deixa eu te falar. O que te faz pensar que eu estou querendo te namorar? Não entendo de onde tu tiraste isso. Sério, chega a ser cômica essa tua insistência nesse assunto. Você criou uma história paralela ao que de fato estava acontecendo. Não sei onde, nem como, nem o porquê, começou…

Continue lendo...

Quando o conheci.

Quando eu o conheci, não o reconheci. Não foi óbvio o bastante pra que se tornasse inesquecível. Nunca poderei dizer que desde o primeiro momento sabia quem seríamos um pro outro. Não foi mágico como dizem nos filmes, sequer foi romântico. Deixei de lado o desejo de esbarrar com um amor avassalador na fila do…

Continue lendo...

Complique sua vida: ame.

Nunca me esqueci de quando analisei a fundo uma música do Biquini Cavadão chamada “Quanto tempo demora um mês”; vale ressaltar que foi no auge dos meus 14 anos em que meus dias se resumiam a fingir que sabia cantar as músicas em inglês, decorar a sequência de clips que passavam na MTV e descobrir…

Continue lendo...