Maxi colar; do brega ao chic!

Certo, eu sei que eu sou a doida que julga os assuntos como velhos e sei que o maxi colar é mega last season, mas sempre quis falar sobre ele! Primeiro porque ele se reinventou, deu uma repaginada, nasceu de novo e dessa vez, infinitamente mais bonito do que era. Confesso que a primeira vez que o vi, não tive certeza se achava bonito; “Pra quê umas pedras desse tamanho no pescoço? A cara da minha mãe.” É porque eu acho coisas muito chamativas a cara de “velho”. E até levei bastante tempo pra me adaptar e encontrar um estilo que combinasse comigo.

Antes, eles basicamente eram feitos com um pedaço de couro sintético cortado e aplicação de pedras de bijuterias enormes e coloridas, quando não, ainda por cima, amarrados com um pedaço de cetim. Eu achava isso o cúmulo da breguice! Nada mais me parecia do que um colar de índio moderno. Até que conheci o estilo com correntes e aplicações de prata, dourado, bronze e, finalmente, me apaixonei! Mas como tudo na vida que entra na moda, as pessoas dão um jeito de usar tanto, mas tanto, que até quem gosta, pega abuso. A cada 10 meninas numa festa, 10 estavam de maxi. E outra, de repente, até quem não sabia amarrar o cadarço estava fazendo colar e vendendo a preços altíssimos principalmente, se pensarmos que o custo era de 10 reais por peça .

A moda teve que ser reinventada, aderindo novas texturas e formatos. Sinceramente, está muito melhor! Até valeu a pena ver tanta atrocidade na rua para poder desfrutar deles agora. E mesmo lojas que não são especializadas em bijus conseguem ter peças que valem a pena ser compradas! Como TUDO na vida, depende de quem o usa, OBVIO. Claro que se eu visse a Gisa com esses colares que eu detesto, abriria uma exceção, mas se você não é ela e não tem tanta noção de estilo, por favor, não tente imitar! Obrigada!

Minhas dicas pra não errar na escolha:

1) Nada “apapagaiado” demais pode ser bom.
2) Procure qualidade ao invés de preço.
3) Caso ele seja muito colorido, use peças neutras.
4) Sempre pergunte as suas amigas o que elas acham. Ou as minhas, elas são muito boas nisso!
5) Nunca, jamais, use um colar colorido por cima de uma peça estampada.
6) Tudo é uma questão de personalidade o que te torna uma formadora de opiniões. Pesquise muito, conheça mais e crie seu estilo.

Fiz um comparativo pra vocês entenderem a evolução da coisa:

20130712-150932.jpg

20130712-151144.jpg

20130712-151155.jpg

20130712-151200.jpg

20130712-151205.jpg

20130712-151212.jpg

Agora sim dá pra ver a diferença, né?

sahsilvany

About Samantha

Editora de conteúdo e redatora do Bendita Cuca!, e colunista para o Isabela Freitas e Superela. E Youtuber nas horas vagas. Sobrevivente da agonizante liberdade de pensar demais. Acredita que todo mundo merece um grande amor para chamar de próprio e escreve para se livrar da loucura completa.

One thought on “Maxi colar; do brega ao chic!

  1. Soraya

    muito impressionante esses maxi colares, eu admito que nem sempre gosto deles, é preciso mão pra acertar, mas quando acerta é maravilhoso.

O que achou? Vamos trocar uma ideia! Sua opinião é muito importante pra nós. <3