As 10 maiores mentiras contadas por elas.

A primeira coisa que a gente pensa quando fala sobre mentira é em homem, isso é um fato. É sempre mais chocante ouvir que Fulaninha traiu Cicrano do que o contrário. Acho que já estamos acostumados com a realidade de que homens não prestam e mulheres são as coitadinhas. Exceto aqui; eu deixo bem claro que ninguém presta. De nada.

A questão é que elas mentem, sim, e muito. Inclusive, eu acho que mulheres são bem mais orgulhosas do que homens. Minha teoria é bem simples: se ele realmente estiver interessado em sair da boêmia e se adequar a monogamia, ele vai dar a cara à tapa, vai se entregar, vai se deixar apaixonar e, francamente, ninguém é mais submisso do que um homem apaixonado! Mas, se ele não estiver, vai continuar com sua vidinha não importa o quanto ela tente convencê-lo de que, porque ela pensa que assim seja, ele tem que ver que foram feitos um para o outro. E isso não acontece por orgulho dele, apenas por falta de interesse. Simples. Claro que falo daqueles que tem algum discernimento sobre a vida em casal. E não dos que acham bonito o pai ter tido cinco casamentos e sete filhos e queiram seguir os passos.

Já as mulheres, mais por orgulho do que qualquer outra coisa,fazem de tudo pra ter quem queiram. O que elas não suportam é admitir a perda, a rejeição. Aí que entram as mentirinhas ou como algumas gostam de dizer “aquelas coisinhas que eles não precisam saber”. Porque outra coisa que mulher jamais admitiria é que mentiu.

Então, correndo o risco de ser odiada e já à espera de abaixo-assinado para tirar o BC do ar, eu vou listar. Adeus.

1)     “Ele terminou comigo do nada.”

20131203-141251.jpg

Quando se trata de homem é muito fácil julgar o estereótipo a que ele pertence com a resposta a uma pergunta bem simples “Quanto tempo teve seu último namoro?”. Se ele responder que teve 10 anos, 8 anos, 5 anos, você já sabe de duas coisas 1) ele não vai namorar tão cedo, 2) ele leva à sério o namoro. E se ele responder que teve 6 ou 3 meses e/ou que em 2 anos namorou 4 vezes, você já sabe que 1) ele é carente, 2) ele é efêmero. Agora, o contrário não se aplica às mulheres. Você jamais vai conseguir decifrar que tipo de pessoa ela é pelo tempo de namoro que ela teve. Por quê? Bom, isso é muito simples: 1) Elas contam a partir do dia em que o viram na fila do pão pela primeira vez como se já estivessem juntos, 2) Elas ignoram todos os términos e namoros que tiveram com outras pessoas enquanto estavam com o Ex, 3) Elas podem ser sociopatas com vidas duplas e você nunca vai descobrir porque elas são incrivelmente boas nisso. Resumindo: ele nunca vai saber qual o verdadeiro motivo para o fim do último namoro dela. Nunca.

 

2)     “Com você e meu ex.”

20131203-141258.jpg

Um verdadeiro tabu em nossa sociedade é saber com quantos caras ela já dormiu. Quando se é mais novo, é comum que esse preconceito seja mais acentuado. Não sei dizer exatamente o porquê, mas uma coisa é certa: a exposição é bem maior os apelidos dos mais infames. Ou seja, aquela piriguete garota não muito certa da cabeça que fez coisas que até Deus duvida, vai ser lembrada e julgada por isso. A vantagem para elas é que à medida que o tempo passa, as pessoas vão se vendo em situações cada vez piores e param de contar nos dedos de uma mão com quem já dormiram, logo, o tabu também vai sendo quebrado. Até porque, sinceramente, virgens estão em extinção. Mas, o engraçado é que ao invés de todos termos essa consciência de que  “Meu deus, cada um faz o que quer e esse não é o tipo de pergunta que se faça” as mulheres desenvolveram uma técnica chamada Método da Substituição. Se você perguntar com quem ela dormiu, com a cara mais lisa do mundo, vai te responder: Com você e com meu ex. Não é tão simples quanto se imagina porque elas têm que calcular os amigos em comum, averiguar a expansão das informações e friamente chegar a uma resposta que, às vezes, inevitavelmente irá prejudicá-las. Por isso que “Você e meu ex” é sempre a melhor resposta. Para evitar maiores transtornos, simplesmente, não pergunte.

 

3)     “Mas estava em liquidação!”

20131203-141310.jpg

É muito complicado o caso de quem tem conta conjunta. Eu, particularmente, simpatizo com a idéia de cada um ter sua conta e juntos terem outra. Honestamente, quem é que quer ficar dizendo o preço de suas roupas? Não tem sentido. Primeiro, mulheres independentes não precisam dar satisfação do que compram com seu dinheiro e segundo, mulheres que dependem do marido não precisam ter tanta sinceridade financeira. Pra quê isso? Gerar uma briga sem tamanho sobre o quanto ele não consegue compreender que vale a pena pagar um valor considerável para ter uma peça única com tecido exclusivo? Homens não são capazes de entender isso; culpem a Deus. Então, sim, mulheres não precisam sempre dizer a verdade.

 

4)    “Fui reconhecida e já ganhei uma promoção.”

20131203-141335.jpg

Felizmente, cada vez há mais mulheres no mercado de trabalho e aquela historinha de ser Amélia e ficar em casa cuidando dos filhos parece algo da sua bisavó. Aleluia! Não suporto pessoas acomodadas. Acontece que isso também tem o outro lado da moeda. Se antes eram os homens que não admitiam quanto ganhavam, queriam “aparecer” e se mostrar com mais poder e dinheiro do que realmente tinham, hoje, algumas mulheres também são assim. Sinceramente, isso ainda é melhor do que ela se fazer de coitada para ter as contas pagas! Se for para mentir que pelo menos agregue valor às mulheres trabalhadoras, certo?

 

5)     “Eu me vingo, eu não traio.”

20131203-141316.jpg

Mulheres têm o sangue frio quando se trata de traição, até porque, elas dificilmente fazem isso por uma tentação. Não são do tipo que se deixam levar pelo álcool, pelo momento, pelo papo, diferente dos homens que se deixam levar por absolutamente qualquer coisa que abra as pernas. Elas são vingativas e quando traem, praticamente, tomaram uma decisão a respeito disso, ainda que não saibam com quem será. Ou seja, elas agem de caso pensado, sendo assim, sabem esconder muito melhor do que os homens. Homens são tão impulsivos que esquecem o quanto podem ser estúpidos e caem nas armadilhas em que admitem, depois de lhe cuspido na cara tantas provas, que realmente a traíram. Já a mulher jamais vai admitir porque a primeira coisa que ela garantiu foi de não ter deixado provas. E se vai ser a palavra dele contra a dela. Ele nunca vai ganhar.

 6) “Acordo linda. Beijos.”

20131203-141329.jpg

Certo. Você, como homem, tem duas opções: acreditar e se conformar que pelo menos ela sempre estará bonita para você ou correr o risco de conhecê-la verdadeiramente dizendo “Mas você é linda sem maquiagem.” O problema é que pode ser um caminho sem volta em que ela por se sentir tão à vontade, não queira mais estar sempre Barbie na caixa. Meus pêsames! Quer um conselho? Finja que não a viu se levantar mais cedo pra se maquiar, finja que não reparou no cabelo alisado. Faz bem pra saúde.

 

7) “Mas eu nunca tinha ficado bêbada desse jeito!”

20131203-141304.jpg

Com certeza ela já ficou. Inclusive, acredito que já tenha um texto de desculpas salvo e pronto para ser usado na próxima ocasião. Uma coisa que mulheres entendem bem é sobre vodka e os efeitos, por piores que sejam, que ela lhes causa. E elas amam. Então, sim, terão dias que passarão dos limites, que ele terá que “segurar a onda” dela e que ela jurará que nunca irá se repetir. Até o próximo. Mas homem nenhum pode reclamar disso, já que, na maioria dos casos são eles que dão trabalho. Fato.

 

8) “Eu não tenho nada contra ela.”

20131203-141347.jpg

Essa é a frase mais comum dita entre a namorada e a amiga do namorado. Nenhuma das duas quer admitir que odeia a outra e gostaria que ela morresse atropelada, então preferem dizer que não entendem o porquê de tanta picuinha, se nunca fizeram nada e nem deram motivo. O orgulho é tanto que elas não querem que os outros saibam que talvez não tenham, de fato, motivo algum, além de serem completamente insanas e ciumentas, para detestar outra mulher. Mas seria muito fútil da parte delas se descobrissem e, principalmente, se chegasse aos ouvidos da outra.

 

9) “Sim, eu gozei. Várias vezes!”

20131203-141340.jpg

Sem comentários.

 

10) “Eu só preciso de um tempo sozinha.”

20131203-141322.jpg

Infelizmente, aquele ditado que diz “Um amor cura o outro” é a mais pura verdade, então, esse tempo sozinha que ela pede, nada mais é, do que a oportunidade para dar uma chance aquele outro carinha por quem está afim. Mas seria muito pior se dissesse isso para dar o tempo, não é? Quem gosta de se sentir trocado? Às vezes, elas omitem coisas pensando no bem deles. Sério. Salve exceções daquelas que são naturalmente loucas e vivem em confusões mentais das quais precisam se livrar, para isso pedem o tempo. Nunca se sabe!

 

Claro que há aquelas mentirinhas que, francamente, não fazem mesmo mal à primeira vista: fingir que gosta de ir ao jogo de futebol, que não se importa com as amigas do trabalho, que adora carros antigos ou que veste dois números a menos,que seu cabelo é loiro natural e que tem mesmo aqueles seios e não só um monte de enchimentos, meio que fazem parte! Honestamente, você não vai encontrar alguém que seja completamente sincero sobre si mesmo e seus outros envolvimentos. E para falar a verdade, você não quer isso. Todo mundo tem segredos ou e coisas que se envergonham, todo mundo tem passado e todo mundo tem um apelido constrangedor de infância. Eu não acho que a maioria das pessoas que dizem não suportar mentira, agüentariam sequer um dia só com a verdade. De certa forma, tanto as pessoas estão condicionadas a mentir sobre pequenas coisas quanto acostumadas a não duvidar. O problema está em quando aquela besteirinha sem importância pra você, é muito importante para o parceiro.

De forma alguma, eu acredito que mentir seja o caminho. Seria muito melhor se você pudesse estar com alguém sabendo verdadeiramente quem ele é e o aceitando dessa forma. A primeira coisa que você deve pensar ao conhecê-lo é o quanto você gostaria que ele soubesse de você. Todo relacionamento é uma via de mão dupla; seja como quer que sejam com você. A coisa mais difícil do mundo é você ouvir de alguém que gosta algo do qual discorda completamente e saber que não pode mudá-lo por isso. E nem deve. O mesmo, certamente, acontece dele com você e você não quer que ele a mude, certo? Se amar não é compreender o passado, aceitar as diferenças e tentarem se ajudar para o futuro apesar do clichê, você está fazendo isso errado. Às vezes, eu sei que soou preconceituosa ou sexista, mas é porque eu acho que as pessoas complicam demais o que deveria ser apenas sentido. Acredito na honestidade e em relações que se constroem com base na confiança. Vou pro céu. Beijos.

sahsilvany

About Samantha

Editora de conteúdo e redatora do Bendita Cuca!, e colunista para o Isabela Freitas e Superela. E Youtuber nas horas vagas. Sobrevivente da agonizante liberdade de pensar demais. Acredita que todo mundo merece um grande amor para chamar de próprio e escreve para se livrar da loucura completa.

O que achou? Vamos trocar uma ideia! Sua opinião é muito importante pra nós. <3