Caiu na rede.

  A manchete do jornal de ontem, hoje, é repassada com convicção por pseudo-adoradores da informação que esperam com os compartilhamentos o mesmo que andar na rua com uma melancia na cabeça. Surge uma nova subcelebridade repentina, desesperada por se consolidar em mais do que 15 minutos de fama. As gafes cometidas em programas ao…

Continue lendo...