Vantagens de ser solteira.

Eu nem precisaria listar, pra falar a verdade, quais as vantagens para uma mulher em estar solteira. É algo tão obvio quanto os quilinhos extras ganhos pós carnaval, mas infelizmente como toda boa doida que sonha com um casamento o quanto antes, às vezes, a gente tem que contar e recontar os motivos para não cair em uma depressão profunda regada a álcool e livros do Nicholas Sparks.  Principalmente, se você chegou aquela fase em que pelo menos uma vez por mês é madrinha do casamento de alguma das suas melhores amigas. Tudo bem, que ela seja feliz, mas tinha que ser logo agora?! Altruísmo de lado, é uma tremenda sacanagem ser sempre a que segura o véu da noiva e corre atrás do buquê sem sequer ter ideia se terá alguém para forçar o casório. E de tanto que já teve seu nome na barra do vestido, escuta dos respectivos romances de suas amigas que tem pesadelos contigo. Vai pensando que vida de solteira é só balburdia, algazarra e zuação! Há várias crises existenciais que realmente as fazem se questionar sobre as diversas escolhas (algumas infelizes, outras, simplesmente, impensadas) que fizeram ao longo da vida. Mas não estou aqui para dessa vez ressaltar o pontos negativos da solteirice ou da carência-perseguidora-pós-rompimento-ou-há-quase-um-ano-sem-namorado e, sim, para fazer com que você ao final desse texto se liberte, dê pulinhos de alegria no mar, programe a próxima balada ou simplesmente se assuma completamente de bem com a vida.

Nenhum gasto com baladas e bebidas.

Alguns homens são contra essa filosofia de que mulheres não pagam, mas sejamos francos, vamos partir do ponto de vista estatístico: o que torna uma festa boa? Ter boa música, bom ambiente, boas bebidas, atendimento bom e bla, bla bla, mas o que realmente importa? Ter pessoas bonitas. E o que será que faz com que a casa atraia mais gente; homens bonitos ou mulheres bonitas? Portanto, quanto mais mulher bonita uma casa tiver, mais homens irão para vê-las e quanto mais homens bonitos saírem em busca de mulheres bonitas, mais mulheres feias-normais-arrumadinhas-plastificadas irão sair para dar de cara com esses homens também. E quem sabe, por sorte, embriaga-los e agarra-los no escuro. E assim se faz um sucesso! Ou seja, teoricamente, uma casa de show precisa ter mulheres para chamar homens e se ela precisa disso, então, por que não pagar por isso? Ou melhor, deixa de ganhar algumas entradinhas. É um investimento! Primeiro passo, resolvido. Agora vem o segundo fator: todo mundo sabe que pessoas embriagadas ficam mais sociáveis e como aquele tímido rapaz pretende puxar assunto com aquela abusada patricinha se não for lhe oferecendo uma bebida? Então, na realidade, as mulheres deixarem os homens lhe pagarem bebida é a melhor, mais sutil e mais eficaz forma deles conseguirem “chegar” nelas. Estou errada? Se eles vissem uma roda de mulheres com milhares de litros de vodca na mesa, dando abertura apenas para seus próprios amigos, como eles teriam coragem de se aproximar? Ou melhor, o que diriam para ter uma oportunidade a mais de conversa? Portanto, a verdade é que os homens precisam disso, não porque não sejam capazes com muita paciência e sangue no olho de conquistar por conta própria alguma garota, mas porque mulheres são muito independentes e autossuficientes para sequer se importar com os marmanjos da mesa ao lado. So long, gay boys!

Você cuida mais do seu corpo e sua aparência.

1)      Obviamente você não quer encontrar seu ex no meio do supermercado com a cara de ressaca, o lápis no queixo, o botão do short aberto e a maior cara de “volta pra mim” do mundo.

2)      Você tem que provar pra si mesma de que está muito melhor agora.

3)      Você precisa impressionar outros olhares. Naquele estilo propaganda da shampoo “Me olha agora. Me olha de novo.”

Não precisa agradar a família e amigos de ninguém.

Diz se tem algo mais chato do que ter que aturar a sogra maluca e ciumenta, os pirralhos filhos da prima segunda que não param de lhe fazer perguntas constrangedoras e os olhares de reprovação do pai dele sempre que você conta porque largou a primeira faculdade. Ainda pior é que quando se pensa naquela roda de amigos, sempre do lado dele, aprovando e escondendo as coisas que ele fazia contigo. Ter que sorrir de piadas sem graça e esconder a sete chaves seu passado, bem como, não poder sequer algum dia, simplesmente porque está cansada ou sei lá o quê, desviar deles e não cumprimenta-los sem ouvir que é uma tremenda antipática. Bom, os dias de tortura para agradar quem não te agrada acabaram! Que esteja contigo só quem te faz bem e o que for verdadeiro. Amém!

Sim, você decide a cor do seu esmalte e o tamanho do vestido.

Para algumas garotas não existe libertação maior do que essa. Ser capaz de escolher vermelho sangue, vivo, forte e não ouvir restrições ou a opinião preconceituosa de Seu Ninguém. Mas a melhor parte, definitivamente, fica por conta dos vestidos que SIM, SÃO UM PALMO e ninguém tem nada a ver com isso. E, sim, não pode se abaixar, mas quem liga? Liberdade, minha amiga, liberdade de pagar calcinha quando quiser. E até mesmo de nem sair com ela. Viva la vida!

Sempre será A divertida e não A bêbada entre seus amigos.

A melhor coisa de estar em uma roda de solteiros ou simplesmente em uma roda em que nenhum dos jovens mancebos te interessa é que você pode ser você mesma. Mas ser você mesma MESMO. Quedas, choros, mimos, gritos, perdidos e “passar o rodo”. Tudo mais que você tem direito quando não dar a mínima sequer para o que os outros vão dizer e, aliás, em uma roda como essa, as pessoas fazem questão que você se solte, seja a louca, desvairada, endiabrada que nasceu sem pudores. Afinal, eles se divertem com isso, você se diverte e todo mundo sai ganhando.

Ninguém vai lhe incomodar com a fatura do seu cartão de crédito.

Chega de faturas debaixo da cama, dentro do vaso! Chega de fingir que o crédito ainda não foi liberado, quando na verdade o cartão já está estourado! Chega de discussões sem sentido sobre o que você fizer com o SEU dinheiro! The world is yours, Darling!

Não precisa justificar suas idas ao salão.

E daí se você vai ao salão três vezes na semana? E daí se cada vez você gasta o preço de um bolsa família? O salão tem a capacidade de dar prazer, estímulo e autoestima à mulheres, assim como, uma terapia ocupacional de compras. Portanto, não ter mais pra quem explicar toda vez o que foi fazer é um grande alívio.

Só dorme sozinha se quiser.

Vamos combinar que depois de um tempo o sexo não é mais o mesmo. Até naqueles casais ninfomaníacos que não dispensam um quarto vazio e uma parede nos fundos. No inicio, a empolgação é surreal se comparada com o velho costume, o velho quarto, a velha colcha e o velho… Bom! Sacal, define. Entretanto, quando você não tem a obrigação de estar com uma determinada pessoa, você simplesmente pode escolher com quem quer estar. Obvio que, claramente, sua integridade estará em jogo, então, não saia dando uma de louca inconsequente por aí. Mas, a verdade é que você tem o poder! Você pode decidir qual relacionamento irá para o próximo passo, por quanto tempo aquilo lhe é saudável e se você sequer, de fato, se importa com isso ou se apenas não é uma fase de carência. Uma coisa é certa: vida sexual de qualidade.

Ser solteira é bom pra caralho burro! É claro que tem seus altos e baixos que mesclam fases de completa solidão e agonia, reprimidos choros em público, agarrados em travesseiros só de calcinha na calada da noite com entusiasmadas viagens de galera, amnésias e aquela conhecida frase “Eu só sei o nome dele. Bom, mas pelo menos sei.” Não sei se eu, honestamente, acredito que as coisas tem data e hora para acontecer. Essa história de destino me parece muito com a da Cinderela, ou seja, não passa de uma fábula criada pra te fazer crer em sonhos ou príncipes ou abóboras enfeitiçadas. A questão é que não quero ser aquela que diz que Papai Noel não existe pra ninguém, mas eventualmente, conforme o tempo passa e amadurecemos vemos que nem tudo é como achávamos. Mas, sinceramente, não tem melhor fase na sua vida para buscar o que realmente quer fazer senão aquela em que nada te prende. Sem um amor pra se lamentar, sem um pé na bunda pra remoer, sem um macho pra te estagnar, sem nada, nem ninguém que te impeça de ser feliz com você mesma. Não passe a vida buscando juntar os cacos de decepções anteriores, nem mesmo se prendendo à comparações com a vida alheia. Não se faça ser alguém que se auto destrói, que se corrói, que se parte em mil pedaços. Seja alguém por inteira, seja firme, infinita. Você não precisa encontrar alguém que te complete, mas que te acrescente. Nem alguém que te faça sentir viva, mas que viva com você. Não precisa de uma metade da laranja e nem mesmo se contente em ser metade para ninguém. Aceite o amor que achar merecer.

sahsilvany

About Samantha

Editora de conteúdo e redatora do Bendita Cuca!, e colunista para o Isabela Freitas e Superela. E Youtuber nas horas vagas. Sobrevivente da agonizante liberdade de pensar demais. Acredita que todo mundo merece um grande amor para chamar de próprio e escreve para se livrar da loucura completa.

One thought on “Vantagens de ser solteira.

  1. Tati

    Você voltouuuu até que enfim!!! Amo amo amo ♥

O que achou? Vamos trocar uma ideia! Sua opinião é muito importante pra nós. <3