Desilusão.

Durante todo esse tempo, escrevi apenas coisas bonitas. Sempre achei mais genuíno botar em palavras os meus sentimentos perante a ti, e ao que fomos. Era automático. Pensava na gente com nostalgia e com saudade e as palavras fluíam. Milhões de pensamentos passavam pela minha cabeça e eu só me sentia privilegiada por sentir algo…

Continue lendo...

Porque só amor não basta.

Dia desses, um amigo meu me confessou que seu namoro não estava lá essas coisas. Minha reação instintiva foi perguntar se ele já não a amava mais ou não a amava como antes. Ele disse que sim, o sentimento era mesmo, mas já não estava tão disposto. E então eu entendi. Temos mania de questionar…

Continue lendo...

Tinha que ser você.

Você foi o motivo de eu ir embora e também o de eu voltar. Parece piada. Como posso ter saído com tanta convicção de que havia feito a escolha certa, de que não valia a pena tentar de novo, que ainda era cedo o bastante pra que a distância não doesse tanto assim e voltado…

Continue lendo...

Agora eu te entendo.

Veja se você consegue me entender: não me falta nada. Eu juro. Desde que eu saí da sua vida pude caminhar em direção a minha. É até irônico que eu só tenha conseguido alcançar tudo que sempre quis depois de te perder. Acho que era porque enquanto eu queria você, eu não queria mais nada…

Continue lendo...

Não perca a fé no bem.

Todos os dias tenho a sorte de me deparar com alguém que, sem saber, restaura minha fé nas pessoas. Todos os dias alguém que eu não conheço segura a porta do elevador pra mim, me cede uma cadeira, me faz um elogio gratuito (sem segundas intenções) ou simplesmente pergunta como eu estou e espera por…

Continue lendo...

Eu sobrevivi.

Nem sempre dá, cê sabe. Nem sempre dá certo. Nem sempre dá pra manter o sorriso no rosto. Nem sempre dá pra esconder os conflitos de dentro. Nem sempre dá pra esquecer o que lhe magoou. Nem sempre dá pra fingir que está tudo bem. Nem sempre dá pra agir como se pudesse entender a…

Continue lendo...

Dei o meu melhor.

Dei o meu melhor, disso eu tenho certeza. Foram os erros mais sinceros, o arrependimento mais amargo, as lágrimas de menina que derramei quando mulher. Foram as cenas mais dramáticas que aconteciam, primeiro, dentro de mim e se repetiam dia após dia até tornarem-se realidade. Foi a realidade mais linda e dolorosa que já vivi…

Continue lendo...