Risque quando fizer sentido.

Essa é a minha filosofia. Eu tenho 11 tatuagens e eu nasci com elas e ainda outras que não fiz. Mas eu nasci porque elas me encontraram e, sem mais nem menos, um dia, precisei vê-las. Porém, sempre estiveram lá, dentro de mim, eu só não podia ouvir ainda minha alma gritando. E quando pude, nunca me arrependi! É algo que eu realmente amo!

Todas tem significado e é sobre isso que vim falar. cansei de responder a essas perguntas! E acho que elas podem dizer mais sobre mim do que eu jamais conseguiria!
20130604-102339.jpg

1) A primeira foi a fada nas costas/costela, sem rosto, só o traço dela e as asas com vários simbolos que eu considero fundamentais: ideograma de pai e amizade, trevo pra dar sorte, ying e yang, ank (simbolo da vida egípcio), uma balança pra representar justiça e outras coisas que não me lembro mais! Haha A asa dela está “quebrada” e costurada, representa liberdade acima de tudo, porém, ninguém pode ter essa liberdade, é como se ela estivesse corrompida, presa dentro da sociedade ou de nossos princípios. Eu mesma a desenhei, então durmo aliviada por saber que ninguém tem uma igual!
2) é uma pimenta, tem mais a ver com minha personalidade esquentada. Sempre gostei da simbologia da pimenta e adoro comer pimenta também! Mas essa tattoo se encaixa melhor na frase da Clarice Lispector “Meu temperamento tem um pouco de pimenta, não é todo mundo que gosta, nem todo mundo que aguenta.”
3) na mão – fiz com uma das minhas melhores amigas, amiga de infância pra eternizar o laço que temos juntas.
4) é uma triqueta, símbolo celta que representa o equilíbrio, a triplicidade de todas as coisas. Diz que a perfeição, vem em três, como: pai, mãe, filho ou pai, filho, espirito santo ou mente, corpo e espirito.
5) na perna – simbolo do Hakuna matata, meu filme favorito! Amo a disney, amo suas lições, amo esse filme!
20130604-102418.jpg

6) no braço – quer dizer “Pronta pra tudo” em latim. Essa é uma das que mais me motiva, me lembra que não importa o que vier, eu vou poder suportar.
7) na perna, tornozelo – essa é “Move or Bleed”, mova ou sangre. Uma das mais motivacionais, me lembra que tenho que me manter em movimento, não posso me acomodar, não posso me conformar, senão vou viver em eterna agonia, sangrando, pior do que a morte.
8) no pulso – é a resposta para a pergunta fundamental sobre a vida, o universo e tudo mais do livro O Guia dos Mochileiros da Galáxia. Eu amo esse livro! Me inspirou muito na minha adolescência, me ensinou a ser crítica, irônica, duvidar de tudo que vem fácil. Quem gosta de ficção, tem que ler esse!
9)nas costas – significa “O senhor é minha luz.” Fiz ha muito tempo, hoje não tem mais significado pra mim, apenas me ajuda a ser melhor aceita em grupos que prezam a religião como avaliador de conduta. baboseira.
10) no antebraço – do filme do 007, em latim também, significa “o mundo não é o bastante”. Não fiz por causa do filme, nem sou fã, fiz porque a frase me lembra que eu posso conseguir muito mais do que o mundo tem a me oferecer, me dá forças.
11) no ombro – vem do alemão, significa “sede de viajar, sede de conhecimento.” Totalmente eu! Amo viajar, amo conhecer coisas novas, me liberta, me faz bem!

Ainda farei muuuitas outras. Não é viciante como falam, é arte, é você. E isso que faz com que se risque, você precisa se conhecer e uma tattoo abre essa porta. 🙂

About Samantha

Editora de conteúdo e redatora do Bendita Cuca!, e colunista para o Isabela Freitas e Superela. E Youtuber nas horas vagas. Sobrevivente da agonizante liberdade de pensar demais. Acredita que todo mundo merece um grande amor para chamar de próprio e escreve para se livrar da loucura completa.

One thought on “Risque quando fizer sentido.

  1. sahsilvany

    Yeah! Search for the end of the site. There is a space to subscration. Xoxo

O que achou? Vamos trocar uma ideia! Sua opinião é muito importante pra nós. <3