Regras do Namoro.

Sabe aquelas resoluções de ano novo? Eu mesma fiz as minhas! Acontece que são como metas e/ou aprendizados do ano anterior ou de uma vida inteira que, finalmente, decidimos seguir à risca. Todo ano é a mesma coisa: pula 7 ondas no mar, afoga Santo Antônio, entra um mês na academia e diz que VAI namorar depois do carnaval, sabe lá Deus com quem. E no final do ano se vê perguntando se jogou pedra na cruz ou aonde ganhou aqueles malditos três quilos ou se não vai conhecer um infeliz interessante. Bom, não tenho como dar resposta pra tudo e tampouco aliviar um coração partido, mas posso expor uma coletânea de lições vividas e vistas ao longo do ano com ajuda de muito choro, muita reza e muito palavrão e, quem sabe, tornar 2014 um ano mais prazeroso e com mais realizações. Principalmente, para você que não subestimou os astros e passou a virada do ano de calcinha rosa. Vai que cola!

1)      Jamais confunda os nomes.
Sabe aquela velha história de que um amor cura outro? Pois é. O problema é quando você ainda está completamente vidrada no outro, pensa nele noite e dia e ainda sonha com esse infeliz, suas amigas com seus sábios conselhos lhes dizem: Vai sair, diaba! Vai conhecer gente nova, se dar uma chance pra outra história.
Então você vai e antes que perceba aquela noite que deveria ser sobre novas oportunidades e reencontrar o amor ou, simplesmente, o libido por algum outro ser que não seja o dito-cujo que não sai da sua cabeça, se torna uma desastrosa batalha nuclear de auto controle para que apenas acerte o nome do indivíduo. Nessas horas, você pensa o quanto odeia a Fulana por ter quase te obrigado a isso e como se sente uma pessoa horrível por não ver interesse algum nesse cara. Quer um conselho? Já que você é alucinada e tem consciência, fica com alguém com o mesmo nome! Não que vá tornar as coisas melhores, mas pelo menos vai torna-las menos constrangedoras.

2)      Não fantasie! Viva o momento.
As mulheres tem um sexto sentido, um instinto infalível, isso é um fato, que consiste em ver e/ou ouvir uma determinada situação e interpretar nas entrelinhas, ainda que elas nem sequer existam. É essa admirável capacidade de compreensão feminina que as torna, em sua maioria, criativas demais, digamos assim. Vamos supor o diálogo:
ELE: Mas eu não sou daqui, nem moro aqui, na verdade. Tô visitado meu irmão porque meu sobrinho nasceu quinta-feira… Não conheço nada na cidade, você podia me fazer companhia…
VOCÊ: Ai meu Deus, como ele é fofo preocupado com a família! Só podia não ser daqui. Mas, e agora?! Como vamos manter esse relacionamento? Aqui é uma cidade maravilhosa! Eu AMO morar aqui. Tem belas praias, festas boas, não tem violência…(Sua tentativa desesperada de acentuar ou forjar as qualidades da sua cidade natal)
ELE: E hoje, o que tem para fazer por aqui?
VOCÊ: De onde será que ele é? Será que é de algum interior. Nossa, detesto interior. Como vou dizer isso pra ele? Vai que ele se ofende, né. Ai meu Deus, já pensou se ele sugere que a gente se mude pra lá e crie as crianças numa fazenda? Eu preciso reverter essa situação… Não quero sair daqui, ele vai ter que ficar vindo! Está decidido. Não saio e ponto final. Até porque aqui realmente tem belas praias e não é tão violenta assim e, sinceramente, é um ótimo lugar pra criar as crianças. Preciso descobrir com o que ele trabalha pra ver se é possível fazer uma transferência, daí já vou ter resolvido isso caso ele pense em usar como empecilho. Talvez, algum amigo do papai possa ajudar… Se ele for advogado, melhor ainda, eu posso falar…
ELE: Oi? Tá tudo bem? Você tá com uma cara de preocupada… Só perguntei se tinha algo hoje na cidade.

3)      Não demore para se arrumar.

20140102-153230.jpg
Todo mundo sabe que a fama que as mulheres tem de levar horas para se arrumar é algo que os homens detestam. O que, na verdade, é bem contraditório! Quer dizer, eles querem uma mulher linda e imaculada ao lado, mas não querem esperar sequer duas horinhas para isso? Pelo amor de Deus, né! Além de tudo, termos que controlar o tempo é sacanagem! Honestamente, nos primeiros encontros ele não precisa saber disso, tampouco que você já estava semi-pronta quando começou a se arrumar. Então, seja pontual e ganhe pontos! Esteja linda e diva à espera na janela quando seu macho-alfa chegar. Hoje em dia que podemos bater uma foto do look e pedir opinião a cada uma das amigas do whatsapp é realmente um artigo de luxo a pontualidade.

4)      Não fique obcecada; seja natural.

20140102-153424.jpg
A primeira coisa que deve fazer é conter a sua reação, ou seja, se você estiver “propositadamente por acaso” em uma festa que sabe que ele vai, mas ainda não o viu e quer fingir que foi, simplesmente, para curtir com suas amigas enquanto dança sensualmente até o chão. Por acaso, claro. E alguém vem lhe cumprimentar e diz a famosa frase que esperou ouvir a noite inteira “Já viu Fulano? Tá bem ali.” É nessa hora que você deve por em prática a Regra 4: não fique obcecada! Seja natural e classuda, deixe que ele a encontre. Por acaso, claro. Deixe que venha falar. E se não vier, não arranje pretextos pra passar pela frente dele, não vire doses de tequila até perder os sentidos. Aja com naturalidade, como uma miss com movimentos curtos, sutis e um sorriso angelical.

5)      Reaja ao que está acontecendo e não ao que você imagina.
ELE: Você vai fazer o que esse final de semana?
VOCÊ: Será que ele vai me chamar pra sair? Só pode! Por que mais ele teria interesse em saber o que eu vou fazer? Acho que nada, ainda estou sem planos. E você? Droga, acabei de me lembrar do aniversário de um ano do meu afilhado! Mas tudo bem, quem sabe posso chama-lo para ir comigo…
ELE: Hum, eu vou para aquela festa que os meninos estão fazendo. Vai ser boa.
VOCÊ: Como assim a festa dos meninos?! E eu, onde fico nessa história? Eu nem sequer entrei nos seus planos?? Na verdade, lembrei que tenho um aniversário para ir. Não posso faltar. É muito muito importante, sou completamente necessária porque tem gente que precisa de mim, de verdade.
ELE: Ah, tá. Massa!
VOCÊ: Ele não vai perguntar de quem? Ele nem se perguntou pra quem eu sou importante?! Esse garoto não vê o meu valor! Chega! Cansei desse papo! Vou atrás de alguém que me dê valor, que tenha real interesse em sair comigo no final de semana e não que vá, simplesmente, pra uma festa. Que falta de respeito! Olha, precisamos conversar. Claramente não estamos na mesma página. Quero terminar.

6)      Não seja mais bêbada do que ele.

20140102-153545.jpg
Fazer o que se nossa sociedade é machista?! Sinceramente, mulheres são tidas como deusas do amor, da fertilidade e da sanidade. Ainda que pessoas como eu não entrem nessa estatística. E muitas vezes, se veem na ultrajante situação de ter que se conter e recusar a quinta dose de vodca para manter a postura e não ouvir indesejáveis comentários sobre sua conduta moral ou a cor da sua calcinha. Uma fatalidade, eu diria. Mas, infelizmente, muito superior a nossa vã filosofia e, venhamos e convenhamos, se você não quer sempre ter que perder a noite pra cuidar do seu macho bodado ou ir embora da festa no melhor momento porque ele não se suporta mais em pé, é digno que o contrario também não aconteça, não é? O que custa manter a normalidade e o equilíbrio entre o casal? Não o deixe perceber que, na verdade, aquele dia que você bebeu além da conta e aprontou é algo que lhe remete a sua vida de solteira e não a um fato isolado jamais visto antes.

7)      Não planeje quando vão transar.

20140102-153651.jpg
Uma coisa é certa: eles sempre irão tentar. Sempre. Então, praticamente fica na mão das mulheres decidir qual o momento oportuno, portanto, não saia de casa já pensando quando e onde isso pode acontecer porque senão você vai, simplesmente, dar! E isso pode ser cedo demais e por tudo a perder. Na verdade, se imagine como um ser assexuado que ao mesmo tempo emana sensualidade, mas que não vai pra cama de primeira. Não vá! Tire esses pensamentos da sua cabeça, nem cogite isso enquanto estiver se arrumando, nem vista-se para isso porque eles funcionam como um portal; uma vez que você se imagina nessa situação, já pode ter certeza que vai acontecer na próxima vez que o vir. Caminho sem volta, meu povo!

8)      Desligue seu celular quando estiver bêbada.
A verdade é que todo mundo sabe e, inclusive, tem até um dito popular que diz “Deixo-o ir, se ele for seu, te ligará de madrugada bêbado”, que bêbados tendem a se expor mais e o que supostamente seria seus sentimentos sobre algumas situações. Francamente, apesar da veemência e do desejo implícito em crer que tais declarações sejam mesmo vindas de um coração aberto eu, particularmente, acredito que a pessoa embriagada fantasia as situações e exagera o que sente e não que diga simplesmente a mais absoluta verdade. Mas, como contra o mito popular, o bom senso não tem vez, a coisa mais sábia a se fazer é manter-se afastada do celular. Você vai se arrepender profundamente quando acordar e ver aquele texto tão bem elaborado pelo demo que possuiu teu corpo e te fez pensar que dizia as coisas mais sensatas do mundo, quando na verdade não passou de um emaranhado de perguntas sem nexo, pedidos de desculpas e dizeres de saudade. NUNCA ENVIE WHATSAPP BÊBADA. Tenha isso como uma regra pra vida e viva em paz e serenidade.

9)      Tenha certeza que ele a faz sorrir pelas razões certas.

20140102-153752.jpg
Porque assim, há uma fase da paixonite que você acha tudo que o cara faz engraçado, todas as suas piadas bem boladas (o “pintinho piu” te fez gargalhar), todos os seus traços perfeitos (inclusive as cicatrizes), todo seu estilo lindo (nunca havia percebido como o estilo dele é exatamente o seu) , todas as suas músicas romanticas (mesmo que sejam funk) e nessa fase tudo que eu tenho a te dizer é: meus pêsames. Você está ferrada!
No entanto, até que chegue nessa cegueira completa da paixão é bom que tenha em mente estar com alguém que lhe faça sorrir de verdade, pelas coisas que faz e não que você queria que fizesse, por suas atitudes e não só por suas palavras. A melhor forma de conquistar uma mulher é fazê-la rir; o feio fica bonito, o chato fica legal, até o gordo fica…engraçado!

10)      Não o jogue contra a parede!
Dê tempo ao tempo, alguns assuntos surgem naturalmente e saiba que o melhor momento é sempre aquele em que os dois se questionam sobre isso e não quando você acha porque alguém disse, que já está na hora dele pedi-la em namoro ou em casamento, sei lá! Deixa que aconteça naturalmente porque ele claramente vai notar o seu desespero.
VOCÊ: Está todo mundo comentando que estamos namorando…
ELE: haha. As pessoas se preocupam demais com a vida dos outros, não é?
VOCÊ: Mas, assim, eu também pensaria isso. Quer dizer, estamos juntos em todo canto, passamos o final de semana juntos, já conhecemos um os amigos do outro…. Você não acha?!
ELE: Eu? Não acho o que?
VOCÊ: Que é, você sabe… Um namoro?
ELE: Não gosto de dar nomenclatura para as coisas, principalmente quando elas estão boas.
VOCÊ: Hum. Mas se estão boas, então, o que pode ter de ruim? Não vai mudar nada…
ELE: Se não vai mudar nada, então, por que se importa?
VOCÊ: Não é isso! Aff maria, você nunca entende nada! É bom mesmo que não seja um namoro, assim ficamos sem compromisso.
ELE: Mas o que foi que eu fiz???

11)      Não deixe que ele perceba que você não ficaria contigo se fosse ele.
Tem dias que você vai se sentir um lixo, a pessoa mais feia do mundo e vai se arrumar de qualquer jeito e não vai suportar sequer se olhar no espelho e então, ele vai tratá-la como se fosse a mais linda de todas e vai te elogiar o tempo inteiro e vai ser um príncipe. Maldito. Naturalmente, você vai se perguntar se nasceu com a bunda pra lua, se é seu dia de sorte ou o melhor dia da sua vida, mas não deixe que ele perceba isso. Não permita que ele note seus olhos brilhando, seus gestos abobalhados e nem o elogie demais e nem diga coisas do tipo “Ninguém nunca fez isso por mim.” Porque, sinceramente, vai parecer uma órfã que foi resgatada por uma família rica em plena noite de natal. Não deixe que ele se sinta seu troféu master, seu maior prêmio e, sim, sua medalha de consolação. Quando eles estão seguros demais tendem a se aproveitar da situação para dar aquelas velhas escapulidas e vaciladas porque sabem, afinal de contas, que você vai lembrar de todas as coisas boas que ele já fez por ti e vai perdoa-lo e não pôr tudo a perder. Homens são gênios do mal!

12)      Seja uma pessoa amável e querida por todos como a Branca de Neve.

20140102-153138.jpg
A Branca de Neve é uma lição de vida! O caçador a deixou viva porque ela era uma pessoa tão boa, doce e inocente que ele não via um motivo sequer para mata-la e os 7 anões só a abrigaram em casa pelas mesmas razões. E porque ela cozinhava e lavava, mas isso não importa. Então, sempre que algo for te tirar do sério, pense na Branca de Neve e tenha como foco na vida ser uma pessoa querida e fazer amigos por onde passar e concentre-se em emanar harmonia e luz. Como uma deusa. Pronto. Até porque se você for vingativa e invejosa como a Bruxa Má, madrasta da Branca, vai acabar velha, sozinha, feia e com verrugas e linhas de expressão. Fim.

13)      Deixe que ele decida.
Na verdade, pra mim, o homem decidir é um completo alívio. Eu detesto ter que opinar para onde ir ou o que comer, eu acho que todo homem devia ter uma lista pré estabelecida de sugestões de lugares bons e bem frequentados para vocês irem. Simples. Dica: aceite a segunda sugestão se a primeira for muito ruim para ele não se tornar isso:
ELE: Você quer comer sushi?
VOCÊ: Hum… Pode ser, é porque eu sou alergica a camarão e tal…
ELE: Ah. Uma burgueria?
VOCÊ: Hum… Pode ser, mas eu não quero comer tanto carne vermelha à noite…
ELE: Pizza?
VOCÊ: Cortei carboidrato à noite… Você sabe, o nutricionista que mandou.
ELE: Então, você decide.
VOCÊ: Não, decide você! Eu como qualquer coisa. Sério.
(E essa conversa se repete por mais 3 horas até quando um dos dois perde a paciência e terminam comendo um cachorro quente na esquina de casa.)

A questão é que existem milhões de regras a serem seguidas que supostamente levariam vocês a um relacionamento estável, seguro, de confiança mútua e respeito, mas a verdade é que na prática, a teoria é outra! E ainda que tenhamos o máximo de cuidado nas escolhas, sempre vamos, eventualmente, enfiar o pé na jaca. Honestamente, não acho que tenha alguma formula ou uma maneira certa tanto para se conquistar quanto para se manter com alguém. Pessoas são complicadas, intensas, ao mesmo tempo, frias e calculistas. Elas pisam na bola sabendo das consequências, mas muitas vezes, se arriscam e se jogam sem sequer imaginar qualquer dor ou decepção por trás disso. Cada relação é única, não é como aquilo que dizem que só muda os personagens e a história é a mesma. Não é. E não lhe deixem pensar que seja porque senão você vai seguir os mesmos caminhos ou, ainda pior, culpar alguém pelo os seus erros do passado. Vai se tornar um ciclo vicioso de culpa e mágoa. Não vale a pena!
Leve a vida leve! E se afaste de todos aqueles que te atormentam. A regra mais importante que tem que seguir é de fazer o que seu coração manda, o que quer dizer que nem sempre será “fazer o certo”, mas será o suficiente pra que siga em frente e fique em paz.

sahsilvany

About Samantha

Editora de conteúdo e redatora do Bendita Cuca!, e colunista para o Isabela Freitas e Superela. E Youtuber nas horas vagas. Sobrevivente da agonizante liberdade de pensar demais. Acredita que todo mundo merece um grande amor para chamar de próprio e escreve para se livrar da loucura completa.

One thought on “Regras do Namoro.

  1. Olá tudo bem ? Adorei esse post, tive que sair lendo de um por um detalhadamente para ver o que eu fazia e o que não fazia, morri de amores pelo da branca de neve. Tenho que aprender a me arrumar mais rápido porque nisso eu demoro e muito.
    Beijos. Adorei aqui.

O que achou? Vamos trocar uma ideia! Sua opinião é muito importante pra nós. <3