Já ouviu falar em BOISERIE?

Com esse nome francês já percebemos o charme que ele trará. Originalmente foi criado na França entre os séculos XVII e XVIII e de lá para cá vem atravessando os séculos possibilitando novas reinterpretações estéticas e o uso de novos materiais. Inicialmente sua função era de isolante térmico, porém com todas as atualizações a ele aplicadas agrega elegância aos projetos atuais.  A princípio eram feitos apenas por carpinteiros que dominavam essa arte, hoje, já com a simplificação dos mesmos, é possível se fazer em gesso, madeira, cimento ou isopor.

Para quem ainda não associou o que são os boiseries, são aquelas molduras quadradas ou retangulares que decoram paredes, que trazem essa pegada clássica ao projeto. Podem ser encontradas diversas aplicações, diversas composições e em diversos ambientes. Seguem exemplos abaixo.

Quando se pensa em que estilo essas molduras são aplicadas, associamos logo ao estilo clássico, porém todas as novas interpretações fazem com que haja uma grande mescla de estilos, proporcionando a criação de ambientes completamente ecléticos e sofisticados. Transgredir o espaço cotidiano, modifica-lo sem ter que seguir um padrão único é a arte contemporânea. Inovar, misturar, recriar, são belas definições para a criação de nossos espaços. Design é isso, é trazer toda nossa bagagem cultural e nossas preferencias sem exageros. Daí lembramos daquela velha frase “a regra é não ter regras”. E quando vemos o resultado final do ambiente vem a tradução de tudo que foi dito.

Me chamo Ana Cecília Echebarra, sou arquiteta e urbanista e entre as combinações de estilo possíveis, uma das minhas preferidas é o encontro do clássico com o contemporâneo. Essa mistura de elementos de épocas diferentes valorizam o ambiente, pois trazem aspectos diferentes para um mesmo local.

E Ana Cecília, eu posso aplicar o boiserie em qualquer ambiente?

Pode sim! Esse jogo de misturas traz um equilíbrio ao projeto com suas peculiaridades, além de trazer aquela elegância desejada. Aplique na sala, na cozinha, no quarto, no lavabo, brinque com as possibilidades. Arquitetura e design é isso, é a realização dos sonhos mais lindos, é a tradução da arte dentro do nosso cantinho.

Outro detalhe que muitas vezes sou questionada é se devemos usar apenas cores neutras nos boiseries e lhes digo que não. Cores neutras ficarão tão elegantes quanto cores de destaque. Lembrando de que os boiseries na maioria dos casos devem ser pintados na mesma cor da parede.

Em resumo:

  • Caso deseje dar uma pegada mais atual ao utilizar os boiseries, inclua quadros ou arandelas dentre as molduras. Dê essa quebra na formalidade e embeleze mais o ambiente.
  • Se seu intuito for deixar as paredes mais simplificadas mesmo, você pode dar essa quebra na mescla dos detalhes decorativos como móveis contemporâneos, luminárias inusitadas, tapetes e almofadas com tecidos estampados.
  • Divirta-se na mescla de estilos e se caso tiver alguma dúvida mande para nós.

E para quem ficou se perguntando como se pronuncia esse nome… “boaserrí”

Abaixo seguem fotos para inspirá-los. Aproveitem, criem e se divirtam! Qualquer dúvida comente no insta da nossa Arquiteta Ana Cecília Echebarra que ela responde tudo para vocês @echebarrarquitetura

https://casavogue.globo.com/Interiores/Ambientes/noticia/2016/08/paredes-decoradas-como-usar-boiseries.html

https://casaedecor.wordpress.com/2015/05/03/revestimento-classico-voce-sabe-o-que-e-boiserie/

http://itdecor.com.br/estilo-contemporaneo-e-classico-mistura-de-elementos/

https://www.tuacasa.com.br/moldura-parede-boiserie/

 

About Samantha

Editora de conteúdo e redatora do Bendita Cuca!, e colunista para o Isabela Freitas e Superela. E Youtuber nas horas vagas. Sobrevivente da agonizante liberdade de pensar demais. Acredita que todo mundo merece um grande amor para chamar de próprio e escreve para se livrar da loucura completa.

O que achou? Vamos trocar uma ideia! Sua opinião é muito importante pra nós. <3