Filme de mulherzinha: The Vow (Para Sempre)

Eu tenho um problema mental seríssimo de perda de memória. Pelo menos, eu acho que tenho, mas não me lembro se já fui diagnosticada. Acontece que eu esqueço todos os filmes que já assisti na vida, exceto; Matrix porque assisti umas 100x a trilogia, Titanic porque assisti 70x, e todos os da Disney porque assisti 500x e tem músicas que eu amo. Todos os outros, até grandes favoritos meus, como: 500 days with Summer, Closer, PS: Eu te amo, Senhor dos Anéis, Vanilla Sky, eu só consigo lembrar de uns trechos, não faço idéia de como são as historias do inicio ao fim. Isso é MUITO chato! Mas sou assim.
Mas bom, o que eu queria dizer na verdade, é que recentemente eu assisti um filme muito bom e pensei em escrever sobre ele antes que ele se apague completamente da minha cabeça.
Ele se chama The Vow, é de mulherzinha, de amor e de tragédia. Ou seja, o que mais podemos querer?! A história é baseada em uma real, onde um casal apaixonado sofre um acidente e a mulher esquece completamente que é casada com ele. Foda! Mas ele a ama tanto que faz de tudo pra reconquistá-la, mas não é tudo bem ou engraçado…é depressivo e de cortar os pulsos. E eu fiquei pensando, só dez vezes, PORQUE NINGUÉM ME AMA DESSE JEITO?! Não encontrei a resposta e isso sim, é trágico. Os diálogos do filme são sensacionais do inicio ao fim! Daqueles com várias mensagens de impacto que nos fazem refletir sobre a vida, os astros e tudo mais! Vou listar algumas pra vocês:

“Eu me comprometo a ajudá-lo a amar a vida,
a sempre abraçá-lo com ternura,
e ter a paciência que o amor exige.
Para falar quando palavras forem necessárias,
e compartilhar o silêncio quando não forem.
E viver no calor do seu coração,
e sempre chamar de lar.”

“Eu me comprometo a amá-la seriamente,
em todas suas formas. Agora e para sempre.
Prometo que nunca vou esquecer que esse é um amor para toda a vida.
E sempre sabendo na parte mais profunda da minha alma,
que não importa que desafios venham a nos separar,
sempre encontraremos um caminho de volta para o outro.”

“Um momento de impacto tem a capacidade de mudar,
tem efeitos bem além do que podemos imaginar.
Em alguns, algumas partículas batendo umas nas outras.
Deixando-as mais unidas do que antes;
Enquanto mandam outras para grandes desafios.
Indo parar onde nunca achou que iriam.
Essa é a questão sobre momentos assim.
Não pode controlar como irão te afetar.
Tem que deixar que as partículas se colidam.
E esperar até a próximo colisão.”

“O fato é… Cada um de nós é a soma dos momentos que já tivemos.
E de todas as pessoas que já conhecemos.
E são esses momentos que se tornam nossa história.”

“Como você deve olhar pra garota que ama, e dizer a si mesmo que é hora de seguir em frente?’

MORRI! Chorei largada por dentro!

O filme ainda conta com;
Direção: Michael Sucsy
Produção : Gary Barber
Roger Birnbaum
Susan Cooper
J. Miles Dale
Jonathan Glickman
Austin Hearst
Paul Taublieb
Roteiro: Abby Kohn
Marc Silverstein
Michael Sucsy
Elenco original: Rachel McAdams
Channing Tatum
Sam Neill
Scott Speedman
Jessica Lange
Jessica McNamee
Género: Drama, romântico
Idioma original: Inglês, Francês
Música: Rachel Portman

20130911-131450.jpg

About Samantha

Editora de conteúdo e redatora do Bendita Cuca!, e colunista para o Isabela Freitas e Superela. E Youtuber nas horas vagas. Sobrevivente da agonizante liberdade de pensar demais. Acredita que todo mundo merece um grande amor para chamar de próprio e escreve para se livrar da loucura completa.

O que achou? Vamos trocar uma ideia! Sua opinião é muito importante pra nós. <3