Libriana no extremo da palavra. É completamente viciada em doce e chimarrão. Encontrou na escrita uma forma de se libertar, e acredita tanto nos seus sonhos, que escreveu na pele que eles nunca morrem, só pra ela sempre lembrar.

Author Archives: Vitória Garré

Sobre mudanças.

Dia desses, voltando pra casa e refletindo sobre a vida, lembrei singelamente dos planos que a gente fazia. De como tínhamos praticamente os mesmos sonhos e como queríamos construir nossa casa. Ainda lembro que queríamos o teto engessado com aquelas luzes ambiente para dar um clima na nossa sala, com aquelas cortinas compridas. Meio cafona…

Continue lendo...

Tudo mudou.

Cê demorou. Na verdade eu até saberia dizer quanto tempo: quase cinco anos, quase alguns dias, quase foi a gente. Mas éramos duas crianças, você com sua timidez e eu com meu gênio forte horrível. Não que muita coisa tenta mudado, mas pelo menos a gente cresceu, mas nosso tempo passou. Difícil entender. A vida…

Continue lendo...