Promessas.

Uma grande verdade sobre mim é que eu sou louca. Nasci doida e provavelmente morrerei assim também. Eu não entendo o que fazer pra ser normal; eu enxergo o imaginável, o intocável. Tenho uma inenarrável dificuldade de ver o obvio. Dito isso, eu não posso prometer felicidade à ninguém. Nunca foi uma constante pra mim…

Continue lendo.

Complique sua vida: ame.

Nunca me esqueci de quando analisei a fundo uma música do Biquini Cavadão chamada “Quanto tempo demora um mês”; vale ressaltar que foi no auge dos meus 14 anos em que meus dias se resumiam a fingir que sabia cantar as músicas em inglês, decorar a sequência de clips que passavam na MTV e descobrir…

Continue lendo.