Eu te amo bem longe de mim.

Eu sou apaixonada por você, mas eu te odeio, a verdade é essa. Você me leva ao extremo, me tira do sério. Você é tóxico pra mim, meu veneno disfarçado de cura. Eu sou completamente louca por você, mas não suporto nem mais um dia desse jeito: angustiada, identificando as entrelinhas, atenta aos detalhes, sempre…

Continue lendo...

Será você

De tudo que menos me preocupava era encontrar alguém, alguém para compartilhar momentos bons, abraçar, beijar, andar de mãos dadas. Pensava em tudo, em muita coisa, vida, trabalho, estudos, dinheiro, diversão. Tudo mesmo, menos encontrar alguém e me apaixonar. Não queria, não pensava, não achava que isso me levaria a algum lugar. Pensava que isso…

Continue lendo...

Tudo mudou.

Cê demorou. Na verdade eu até saberia dizer quanto tempo: quase cinco anos, quase alguns dias, quase foi a gente. Mas éramos duas crianças, você com sua timidez e eu com meu gênio forte horrível. Não que muita coisa tenta mudado, mas pelo menos a gente cresceu, mas nosso tempo passou. Difícil entender. A vida…

Continue lendo...

Como identificar um cafajeste.

Eles estão aprimorando suas técnicas. Eles estão a par da inovações tecnológicas, assim como, dos aplicativos de paquera. Eles têm evoluído. Eles estão usando artilharia pesada; buquê de rosas e chocolates dão lugar à declarações de afeto em redes sociais. Eles nos culpam por isso. E, pior, ainda tem mulher que acredita.* É gentil por…

Continue lendo...

O temido trinta.

Mal cheguei à crise dos 25 e percebi que algo muito pior me aguardava, sondava minha rotina e julgava meus gostos: os 30. De repente, toda minha vida se resume aos 5 anos que eu tenho pela frente pra obter sucesso em todos os aspectos, e não aos vinte e cinco ou, pra ser mais…

Continue lendo...